As for the dosage of generic tadalafil 20mg, it can vary from 5 to 20 mg per day. Depending on the degree of effect occurs and tolerability. Try acyclovir 400 mg pills starting from minimal dosage. Follow this web-site # to read more:

TIC - B2

mascara1   mascara6
mascara3   mascara5    mascara2

 
mascara4


Semana dos Afetos

 

CartazafetosR  Cartazfetosfilipe

valentimAlberto

 


 

Trabalhos na disciplina de AVPM

oleosusados

 

CARTAZEscopia CartazLebork2016

 

Quadras de S. Martinho expostas na biblioteca do EPB

Quadras B1        Quadras B2      QuadrasB3       QuadrasCBLE

SAM 3920 SAM 3921

SAM 3923 SAM 3924

 

Mansagens de Natal

Os formandos do Estabelecimento Prisional de Braga elaboraram postais com mensagens de Natal, tendo sido realizada a articulação entre as áreas de Linguagem e Comunicação, Língua e Cultura Portuguesa, Inglês e TIC.
Foram também afixados cartazes nas salas de aula e na biblioteca do EPB com poemas de autores portugueses e reflexões de personalidades internacionais famosas, nomeadamente Fernando Pessoa, Manuel Alegre, Vitorino Nemésio, Miguel Torga, David Mourão-Ferreira,  Vasco Graça Moura, Eugénio de Andrade, Manuel Bandeira, Charles Dickens, António Gedeão, Mário de Sá-Carneiro, Dalai Lama, entre outros.
 
20161216 132006  20161212 232904
 
20161216 131850  20161216 132040

 

Postais de Natal criados em TIC do B2

bonecosfilipe

Igreja  natal 2016 jose monteiro


 

2016/17

logoEP

 
 
 
 
 
     Logótipo criado na disciplina de AVPM
 
 
 
 

2015/16
Atividades do Estabelecimento Prisional de Braga

Na disciplina de Cidadania e Empregabilidade, os alunos da turma B3, refletiram sobre a importância da sua mãe nas suas vidas. Com emoção partilham sentimentos que vêm da alma

 

   Mãe

Mãe que me destes todo amor.

Mãe que eu nunca te ouvi.

Agora vives no meu coração.

Agora vivo com uma grande dor.

Mãe que já partistes.

Grande dor eu fiquei.

Eu fiquei muito triste.

Muitas saudades ficaram de ti.

Mãe

Mãe é amar incondicional, mãe só há uma e que saudade tenho de ti pois tu eras única, no amor no carinho e no saber educar.

Agora tenho noção de quem tu foste e contínuas no meu ser, na minha personalidade e na minha vida tu fazes parte de mim e eu de ti. Hoje na minha idade mais valor te sei dar, que não te dei na altura devida. Só me apercebi depois de te perder, a falta que ainda me fazias na minha vida e na dos meus filhos. Eles sem te terem conhecido tem carinho e saudade pelo que lhes transmiti e falei de ti, isto são saudades que tenho de ti.

 

Mãe    

Mãe, tiveste-me, criaste-me e educaste-me.

És a melhor mãe do mundo, obrigado.

Por tudo o que me deste, e desculpa.

Todo o sofrimento que te dei.

 


 

O S. João!

sjoao

 


 

CARTAZ ROMANO

Trabalho realizado na disciplina de TIC - B2, sobre a "Braga Romana" (desenho feito no "Paint")


 

No âmbito da disciplina de Cidadania e Empregabilidade, as turmas B2 e B3 realizaram, durante algumas aulas, cartazes sobre o 25 de abril.

DSC01439   DSC01443

Os alunos puderam partilhar algumas memórias sobre a vida que tinham antes do 25 de abril de 1974.

"Na manhã do 25 de abril o céu estava cinzento, nublado...Na rádio ouviram dizer que os militares estavam na rua junto do povo com cravos vermelhos nas armas, a celebrarem a liberdade. A ditadura caiu Viva a democracia"  

DSC01441  DSC01440   DSC01444 

 

Cartazes criados no B2 - TIC sobre o 25 de abril

cartaz1adolfoO  cartaz2adolfo cartaz25fernando

 


 

POEMA PARA O DIA DO PAI

PAI, foste tu que me deste o SER,
Sempre estiveste ao meu lado.
Às vezes, mesmo sem querer,
Ficavas muito preocupado.

Hoje é o teu dia
E eu vou estar ausente.
O que eu mais desejava
Era poder estar presente.

Tu me deste educação,
Sempre foste o meu pilar.
Guardo-te no meu coração,
És um pai digno de LOUVAR.

És o meu maior amigo,
Nunca passei necessidades.
Nos teus braços me abrigo,
Mesmo quando faço maldades.

Sempre pronto a ajudar,
Sempre pronto a proteger.
Hoje estou a recordar,
Nunca te irei esquecer.

E quando fores mais velho,
Irei sempre TE apoiar.
Com muito amor e carinho
Te irei recompensar.

Foste exemplo para mim,
Para meus filhos criar.
Esse exemplo para eles
Eu irei perpetuar.

Poema elaborado pelos formandos do EFA B3, do Estabelecimento Prisional de Braga


 

cartazpascoa1

 

Cartaz com trabalhos sobre a Páscoa, dos alunos do B2 - TIC

 


 EB2 - Lenços dos Namorados (digitais)

                                  lencos   lencos2

 

 


Trabalhos realizado por alunos das turmas B2 e B3 do Estabelecimento Prisional e Regional de Braga

"Jovens este futuro não queiram para vocês, muita coisa eu vi, muitos reclusos sem família… Aqui não se tem liberdade, privacidade, pouco acesso aos bens primários (como leite, queijo, fiambre, pasta de dentes, papel higiénico, entre outros). Agarrai a escola com as duas mãos pois o vosso futuro depende disso."


2015/16

Direitos Humanos
(apresentados pelos próprios autores na Festa de Natal - 11 de dezembro 2015)

 Trabalho realizado por alunos da turma B2 do Estabelecimento Prisional e Regional de Braga

Direito à Educação e Responsabilidade

Na escola vais andar

Aprender e respeitar

Os anos vão passar

E os amigos vão ficar

As aulas que eram chatas

Ficamos a gostar, com

As professoras ensinar

Para aprender para a vida.

Os conhecimentos que fui buscar

Na escola, no dia-a-dia vou aplicar

Conhecer direitos e deveres, aos

Meus irmãos vou ensinar

Como ler um contrato antes de assinar.

Para um dia trabalhar

E em segurança estar

Criar uma sociedade

E nela poder participar

E o sucesso alcançar

Ser feliz é um objetivo

Na vida que quero alcançar.

Trabalho realizado por alunos da turma B3 do Estabelecimento Prisional e Regional de Braga

Direito à Educação

Aos seis anos entrei na escola

Para aprender a escrever,

Novos amigos eu fiz

A amizade passou a valer.

A primeira namorada eu conheci,

A primeira namorada ficou pra vida,

O primeiro desgosto eu vivi,

Com seis anos tinha a vida escurecida!

Com onze anos fui para o ciclo

A minha vida voltou a rodar,

Dos professores comecei-me a fartar

E os amigos a incentivar…

Aos dezasseis foi quando tudo mudou

Os primeiros cigarros eu fumei,

Foi onde a minha vida descarrilou

E a escola desvalorizei.

As notas começaram a baixar

Os recados na caderneta a aparecer,

De dinheiro comecei a precisar

Os verdadeiros amigos a desaparecer!

Os "abutres" a aparecer

E eu com eles a acompanhar

A escola a desaparecer

E o meu futuro a afundar!

Anos foram passando

Sem dinheiro para me sustentar,

Os empregos escasseando

E eu a mendigar.

Vinte e cinco anos eu já tinha

Sem trabalho continuava

Comecei a perceber que do 9ºano precisava.

O primeiro filho apareceu,

Olhei para o futuro instável

E as despesas ficaram insustentáveis,

As asneiras comecei a cometer

Nada me fazia deter.

Tenho vinte e sete anos e sou recluso

Um futuro muito instável,

Voltar pro crime eu recuso

A LIBERDADE é invejável!

No estabelecimento prisional o 9ºano eu tirei,

Com muita desgraça eu lidei,

Com a família a apoiar,

Estou com força pro futuro enfrentar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jovens este futuro não queiram para vocês, muita coisa eu vi, muitos reclusos sem família… Aqui não se tem liberdade, privacidade, pouco acesso aos bens primários (como leite, queijo, fiambre, pasta de dentes, papel higiénico, entre outros). Agarrai a escola com as duas mãos pois o vosso futuro depende disso.

As amizades são importantes para tudo até mesmo pra decidirem o futuro a seguir.

Viva a liberdade. Abraço dos alunos do Estabelecimento Prisional de Braga.

Agradecimento especial ao Agrupamento de escolas André Soares

OBRIGADO


 

Esta parceria/oferta pedagógica tem como principal objetivo, o seguinte:

Preparar a reinserção social dos reclusos, desde a sua entrada no Estabelecimento Prisional até à data da sua libertação;

Diminuir o número de analfabetos incentivando à descoberta de novos horizontes escolares e profissionais;

Promover o desenvolvimento pessoal e social dos reclusos, no que se refere à iniciativa, autonomia, espírito crítico e participação activa;

Sensibilizar e fomentar a criação de hábitos de trabalho, cumprimento de horários e gestão dos tempos livres;

Aproximar, o mais possível, a vida privada de liberdade à vida do cidadão comum;

Promover formação profissional para melhor integração laboral futura;

Promover uma consciência cívica, com o intuito de formar cidadãos conscientes e respeitadores das normas e regras sociais;

Estimular o gosto pelos livros e fomentar hábitos de leitura;

Fomentar a capacidade de pesquisa em registos bibliográficos;

Desenvolver a capacidade de discernimento necessária para a utilização dos meios de comunicação social e a interpretação das diversas mensagens dirigidas pela sociedade ao Homem contemporâneo;

Desenvolver competências que levem ao aprender a aprender.

  • ecoesc ler pes PERA1 parlamento logoB  hsci logo web  inovar