As for the dosage of generic tadalafil 20mg, it can vary from 5 to 20 mg per day. Depending on the degree of effect occurs and tolerability. Try acyclovir 400 mg pills starting from minimal dosage. Follow this web-site # to read more:
Pelo 2º ano consecutivo a EB2,3 André Soares apostou no desenvolvimento de um projeto para uma candidatura à 14ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho "Ciência na Escola”. Este  foi objeto de análise pelo respetivo Júri Regional e passou a primeira fase do Concurso de Ideias!
 
ilidioP
(ver mais fotos no FB)
 
 
Como tal a Fundação Ilídio Pinho decidiu que o nosso projeto tem qualidade para ser desenvolvido e ofereceu 400 euros para que nestes próximos meses isto venha a se concretizar   o nosso projeto: APPtidude positiva- “Do empreendedorismo social à programação”
O projeto selecionado procura criar dinâmicas entre a escola e a sociedade, fazendo com que as aprendizagens, que são realizadas na escola, sejam reais para uma sociedade que espera que esta geração contribua para superar as dificuldades que tendem a diminuir a capacidade de manter empregos, crescimento e justiça social.
Como tal foi pedido aos alunos de uma turma do 5º ano que aceitassem investir tempo e dedicação nas aprendizagens e no conhecimento das ciências, procurando incentivar o empreendedorismo social em prol de um mundo melhor. Os alunos serão convidados a aprender a programar uma app e de seguida desenvolver uma aplicação que vá em conta com as nossas ambições.

 

 

 

 

 

 

1º Prémio!!!

"...Foi da mão do Ministro da Educação, Doutor Tiago Brandão Rodrigues, Primeiro Ministro de Portugal, Doutor António Costa, e do Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Eng.º Ilídio Pinho que o coordenador e alunas receberam um troféu de 1º prémio e um cheques de 12500 euros. Uma parte deste valor reverte para a escola, os alunos e professor coordenador."

20160922 154500   IMG 20160921 113716

(veja mais fotos no FB)

Uma turma do AE André Soares foi selecionada para a mostra final do concurso “Ciência na Escola” que vai na sua 13ª edição. os dias 20 e 21 de Setembro um professor e duas alunas do 6ºI foram defender o projeto desenvolvido ao longo do ano letivo anterior.

O projeto ”Opening doors to mobility” – Robótica e Empreendedorismo para uma sociedade mais justa, este projeto reside na aplicação do empreendedorismo no âmbito das ciências experimentais, como agente promotor da aquisição de novas competências, com a necessidade na transferência e mobilização dos saberes adquiridos no ambiente escolar e do quotidiano e futuramente para o real mercado de trabalho.

Após uma aulas de programação informática os alunos foram desafiados a programar e executar um objeto facilitador da mobilidade de invisuais. Os alunos, de uma forma lúdica, adquiram novos conhecimentos e os coloquem em prática de forma desafiadora, levando a novas descobertas e ideias, estimulando a criatividade e a resolução de problemas do quotidiano, neste caso específico, melhorar a qualidade de mobilidade de invisuais. No final foi criado uma bengala inteligente para facilitar a mobilidade dos invisuais, usar a robótica como ferramenta para ajudar crianças a desenvolverem todo o seu potencial empreendedor. Este protótipo de uma bengala que foi programada para ultrapassar obstáculos criados por uma sociedade que por vezes se esquece que todos fazemos parte dela, foi apresentada na Mostra Nacional da 13ª Edição do Prémio Ciência na Escola teve lugar no Agrupamento de Escolas de Pinhal Novo, em Palmela. Que após um longo caminho de empenho por parte dos alunos e professores e de várias horas investidas na elaboração do projeto científico, o júri nacional selecionou-o como um dos 100 projetos para a final. Nestes dois dias da mostra o nosso trabalho foi apresentado e escrutinado por crianças, jovens e adultos e submetido à avaliação de um júri que premiou o esforço ao longo de vários meses.

Foi da mão do Ministro da Educação, Doutor Tiago Brandão Rodrigues, Primeiro Ministro de Portugal, Doutor António Costa, e do Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Eng.º Ilídio Pinho que o coordenador e alunas receberam um troféu de 1º prémio e um cheques de 12500 euros. Uma parte deste valor reverte para a escola, os alunos e professor coordenador.

Este trabalho contou com a parceria com o Hands-on Science Network, que apoiou e cedeu todos os kits de robótica de modo a permitir todo o desenvolvimento da formação e do produto final.

Vitor Martins

 

 

IMG 20151201 102724  IMG 20151217 093828

 

IMG 20160202 104354  IMG 20160202 104407

 

IMG 20160301 104534      IMG 20160113 155913

 

 

 

 

 

 

 

  • ecoesc ler pes PERA1 parlamento logoB  hsci logo web  inovar